Conteúdo

Acesse nosso conteúdo completo com temas de seu interesse

Quanto vale um ato de solidariedade?

Para a mãe azul Niná Holanda vale muito! Veja o depoimento relatado por ela.

Publicação: 20/11/2018

O fórum autismo conversou com a mãe azul Niná Holanda, que postou essa semana um relato sobre solidariedade nas redes sociais e trouxe para as milhares de pessoas que curtiram e compartilharam o relato, um fio de esperança no amor ao próximo. A situação envolveu seu filho Guilherme Holanda que é autista. Segundo o relato da mãe, ao chegar na escola do filho para buscá-lo depois de uma prova, ela se deparou com uma cena curiosa: uma das colegas de sala do garoto, chamada Julia, estava lendo um livro para ele na intenção de mantê-lo calmo até que os responsáveis chegassem para buscá-lo. Tomada pela surpresa e felicidade em ver um ato de solidariedade cada vez mais raro, Niná decidiu compartilhar essa bela cena e aproveitou para agradecer à Julia por sua atitude. O relato foi curtido e compratilhado por milhares de pessoas que comentavam com entusiasmo, pois atos como o da Julia são difíceis de serem vistos nos dias de hoje. Pensando nisso, o fórum autismo deciciu compartilhar esse belo exemplo de solidariedade e lançar a campanha solidariedade e inclusão que visa compartilhar outras estórias belas de solidariedade, amor ao próximo e inclusão como o relatado pela Niná. Participe, deixe seu depoimento!

Deixe seu comentário:


# QUANTO VALE UM ATO DE SOLIDARIEDADE? Na sexta feira (9/11), um ato de solidariedade publicado pela mãe azul Niná...

Publicado por Fórum Autismo em Quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Sobre nós

Somos um grupo que luta pela inclusão dos indivíduos autistas, lutamos por tratamentos multidisciplinares, formas próprias de aprendizagem e acima de tudo respeito e humanidade. Nós estamos aqui para lutar por eles e para falar por eles.

Nós somos o Fórum Autismo!

Redes sociais

Entre em contato

Sede do fórum autismo
Av. dos Pinheirais - 59080-250
Nº 684 - Neópolis
contato@forumautismo.org
Telefone: (84) 3217-6590